<-- home

Eu não morri -> Polícia investiga participação de terceira pessoa em morte de torcedor vascaíno

Esta semana recebi a noticia de que eu havia morrido. Felizmente ainda continuo vivo.

A Polícia Civil investiga a participação de um terceiro suspeito no assassinato do torcedor do Vasco Diogo Leal, nest domingo, no Rio. Dois acusados já haviam sido presos. Alessanderson Mota, 29 anos, e Daniel Abreu, 28, foram detidos nesta segunda-feira. Segundo a polícia, eles se negaram a prestar depoimento. 

Leal foi esfaqueado e baleado durante uma briga entre torcedores de Vasco e Flamengo na tarde de domingo, em Tomás Coelho. De acordo com a PM, o confronto aconteceu horas antes do clássico entre as duas equipes. Na briga, houve troca de tiros entre as torcidas.